sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Ser a luz



Ser a luz em um mundo de trevas, onde o sentido dos sentimentos se perdeu;
Ser a luz mesmo quando ela não existe ao seu redor, mesmo quando tudo parece ser o fim e ainda assim você acredita que há saídas;
Ser a luz quando tudo em volta são apenas sombras, e a solidão encontra truques para enganar os homens com prazeres momentâneos e fúteis que no fim só o levam a depressão;
Ser a luz onde a razão das coisas foi esquecida e abafada pela arrogância do materialismo;
Ser a luz onde os seus amigos se perderam, quando sua família está chorando, ou mesmo quando seu cachorro de estimação for embora, ser a luz não é tão fácil quanto pode parecer;
Seja a luz na vida das pessoas que você ama, transmita a esperança o carinho e tudo aquilo que pode acrescentar alegria na convivência com aqueles que você valoriza. Ouvir a voz que da alegria que mundo ecoa é muito fácil embora ela seja sorrateiramente momentânea,
Busque a alegria das coisas eternas nela está à luz.
(Alessandra Almeida)

Um comentário:

Hudson Rodrigues disse...

.... um breve ciclo de luz sucedido de sombras; nisso se resume o Dia... nisso se resume a Vida...