segunda-feira, 20 de outubro de 2008

As eleições acabam e as promessas também

Não é de hoje ou ontem que esse povo já sofreu, já faz algum tempo, e ainda tem gente que diz que não percebeu.

O que está fazendo essa gente para não ver?
E o que está fazendo agente para nada a respeito fazer?
Na política tudo é promessa, tudo é solução, é construir isso e aquilo, é ajudar a população, mas porque será que tudo isso acaba esquecido no final da eleição.
As grandes promessas de uma pátria melhor, de um grande futuro, de muitas oportunidades oferecidas, de muitas realizações a serem atingidas, porque será que tudo isso acaba em apenas promessas que, mas tarde eles mesmos nem irão lembrar?
É difícil entender o porquê de ninguém nunca ver...
De ninguém nunca saber...
De ninguém nunca ter nada a haver com os problemas que na sociedade estão aparecendo, ou daqueles velhos problemas que há tempos vem ocorrendo.
A cada quatro anos novos discursos escritos, novas promessas de melhoras formadas, mas no final da história nem a metade é realizada.
Sempre a mesma situação se repetindo, e a culpa acaba no povo que não soube eleger sempre caindo, mas será que a culpa é mesmo nossa?
Ou é deles que não sabem ver?
Por que será que o tempo passa e a cada eleição surge uma nova farsa,e ninguém nunca tem nada haver e ninguém nunca sabe o porquê de nada?

(Alessandra Almeida)

Um comentário:

Jaki disse...

Eii, concordo com vc, sabii??
ta certa de vdd...