segunda-feira, 30 de junho de 2008

Era apenas um sonho!



Hoje acordei envolvida a uma alegria que inundava cada parte do meu ser, algo que tirava lascas de felicidade do meu olhar. Como se tivesse por um momento estado no paraíso.
Eu sentia a leve e suave brisa do vento a tocar meus longos cabelos e espalhá-los em meu rosto, que sentia a luz do Sol se refletir em mim.
Onde estava ao certo não sei, mas apenas o que via era um longo mar que corria com suas calmas ondas como se fosse sem fim.
Lá não havia nada nem ninguém apenas uma paz que inundava meu ser capaz de me fazer esquecer de tudo do meu dia a dia dos momentos difíceis e ruins, que me fazia sentir uma alegria que parecia sem tamanho.
Não podia ver nada além de um longo horizonte que parecia ser só meu, e em minha pele sentia os finos e leves grãos de areia a me tocar e a luz do Sol a me aquecer.
Alguns pássaros bailavam sobre o ar e já se chegava o entardecer e com ele as reluzentes cores do Sol faziam um incrível espetáculo no céu que parecia sido desenhado pra mim.
Em meio a toda aquela magia que eu estava, não esperava que mais nada pudesse acontecer, já me sentira feliz com apenas a tua lembrança em meu coração.
Mas algo inesperado aconteceu, de repente quando meus olhos se perdiam nas fracas ondas do mar senti você ao meu lado.
Parecia um quadro uma pintura um filme seu sorriso acertou minha alma e sua voz agitou meu coração. Naquele momento foi como se o tempo tivesse sido paralisado, você sentou-se ao meu lado e a única coisa que podíamos ouvir além do som das ondas do mar era um longo silencio, mas um silencio bom, um silencio de quem não precisa dizer nada. Apenas o que ouvíamos era o som de nossos corações que batia em um ritimo acelerado que mais parecia estar cantando uma canção de amor.
Tudo era estranhamente perfeito, der repente senti sua doce mão a tocar nas minhas e saímos correndo pela areia de mãos dadas como duas crianças a brincar. Sentíamos as ondas baterem em nossos pés e tentávamos as pular, apenas o que existia eram sorrisos envolvidos por uma doce paisagem e em meio a uma harmonia sem fim.
Não precisávamos dizer nada, pois cada vez que nossos olhares se cruzavam sabiam dizer tudo o que tinha pra se falar.
Depois de tanto corrermos, paramos, e sentíamos nossos corações pulsarem ainda mais acelerados que antes devido a nosso cansaço, estávamos quase sem fôlego mais ainda sorriamos como crianças.
Você pegou em minhas mãos e seu olhar e o meu olhar se cruzaram e tudo parou parecendo que para ver aquela cena. O Sol radiava em tons de um vermelho e em meio as suas cores os pássaros pousavam na areia.
Nossos olhares trocavam juras de amor entre si, nossos corações batiam tão rapidamente que um podia ouvir o pulsar do outro.
Tudo era incrível seus olhos se fechavam mais os meus ainda estavam abertos, quando fechei os meus percebi como se tivesse tudo desaparecido. Quando voltei a os abrir percebi que tudo não havia passado de um sonho.
Que tudo aquilo na verdade nunca aconteceu, que por apenas aquele momento acreditei estar vivendo uma linda historia que nem me pertencia.
Que na verdade você nem ao menos existiu.
Será até quando criarei histórias ao invés de as vive-las?Até quando meus sonhos serão apenas sonhos que ao amanhecer terão sidos desfeitos???
(Alessandra Almeida)

3 comentários:

Cesar disse...

Oi minha linda!
Vc tem um dom incrível sabia! O de transmitir seus sentimentos tão singelamente através das palavras!
Cultive sempre esse dom!
Bjosss!!!!

'- Mari . disse...

Aiiiin Leeh!
Que texto lindo! Ele é incrível :DDD
E que sonho maravilhoso né?! haha.
Tomara que um dia ele se torne realidade pra você! (:

Te adoro amiga, e isso é pra sempre!
Beijo lindona :*

Késia Caroline disse...

Nossa q lindo...Quando lí esse poema,não pude acreditar q foi realmente minha melhor amiga Alessandra!Não por ser incapaz,mas sim por ter um sentimento tão lindo para escrever um poema lindo como esse!No momento q eu estava lendo,dispertou uma grande emoção dentro do meu coração...senti q aquelas palavras sábias,magníficas,extraordinárias,não era um símples poema...era sim O POEMA>Alessandra minha melhor amiga,Meus PRABÉNS de coração,e q se vc um dia decidir escrever um livro de poemas,não se esqueça de guardar um para a sua amiga aqui viu...não a melhor,mais sim aquela q viveu um dia momentos de felicidades,de conspiração,alegria,harmonia e o mais importante amizade ao seu lado...fique com deus e mto SUCESSO para vc...pois VC merece!!!